A Cultura De Vanuatu

Vanuatu tem uma rica e próspera cena cultural influenciada por variações regionais locais e culturas estrangeiras.

7. Crenças Sociais e Costumes

Existe uma sociedade graduada em muitas das comunidades indígenas de Vanuatu. Normalmente, os homens mais velhos servem como os membros mais influentes de seus clãs ou aldeias. Nas aldeias, há menos estratificação econômica, já que a maior parte da população rural depende da agricultura de subsistência. A sociedade de Vanuatu tem uma seção de elite de classe média relativamente pequena. A influência da desigualdade e do sexismo nos papéis sociais é claramente visível na maioria das áreas. As mulheres geralmente têm menos controle e dizem, em vários aspectos da vida, como a divisão da propriedade ou do casamento. As mulheres participam com homens em atividades agrícolas e de pesca. Embora uma grande parte das mulheres esteja empregada no setor de educação, a participação das mulheres nos setores econômico e político é baixa.

Vanuatu tem uma taxa muito alta de casamento e uma baixa taxa de divórcio. Casamentos arranjados são mais comuns. Bens são freqüentemente trocados durante casamentos e em algumas áreas, a prática de troca de irmãs é seguida quando o homem casado oferece uma mulher de sua família para o casamento com um homem na família de sua esposa. Em algumas áreas, onde as alfândegas permitem, os homens podem se casar mais de uma vez. Depois do casamento, uma mulher geralmente se muda para a casa do marido, que geralmente mora com os pais. Nas áreas rurais, os costumes locais influenciam os padrões de herança, enquanto nas áreas urbanas predominam os modelos europeus de herança.

As pessoas de Vanuatu costumam apertar as mãos durante os encontros iniciais. A troca de mercadorias ajuda a estabelecer relacionamentos. Os visitantes geralmente são tratados com presentes e alimentos. É comum que as pessoas que passam pelas ruas se cumprimentem.

6. Religião, festivais e feriados

O cristianismo é a religião da maioria em Vanuatu, com um terço da população sendo adeptos da Igreja Presbiteriana. Outras denominações cristãs como a anglicana e a católica romana também são populares, cada uma com cerca de 15% de adeptos. O culto à carga é bastante popular em Vanuatu. A maioria desses cultos se desenvolveu após a Segunda Guerra Mundial, mas apenas alguns como o culto a John Frum sobrevivem hoje com um grande número de seguidores na ilha de Tanna. O Movimento Príncipe Filipe, que reverencia o Príncipe Filipe do Reino Unido, também é popular na Ilha Tanna. O movimento é baseado em uma crença indígena da tribo Yaohnanen. O culto do espírito de Natmasses na forma de pedras também é predominante na ilha Aneityum. O Islã é uma religião em rápido crescimento no país.

A temporada de Natal e Ano Novo, conhecida como Bonane, é celebrada em Vanuatu. As pessoas das cidades visitam suas casas tradicionais e as aldeias vizinhas são visitadas por grupos de coros para realizar canções religiosas. Celebrações de colheita, cerimônias de iniciação masculina, troca de kava e porcos seguidos por dias de dança durante o Festival de Toka, são algumas das celebrações únicas na ilha de Vanuatu. Feriados seculares de Vanuatu incluem as celebrações do Dia da Independência em 30 de julho, Dia da Unidade em 29 de novembro, Dia da Família em dezembro 26, Dia da Constituição em 5 de outubro e Dia dos Chefes Customizados em março 5.

5. Musica e dança

A música tradicional ainda prospera na zona rural de Vanuatu. A música tradicional incorpora uma variedade de gêneros musicais. A música é executada usando instrumentos como gongos de fenda, chocalhos e idiofones que são cilindros de tamanhos diferentes. Outros instrumentos musicais, como assobios, conchas e flautas de bambu também são tocados em algumas áreas. A música de bandas de cordas, outro gênero popular de música de Vanuatu, envolve músicas populares acompanhadas de ukulele e violão. A cena da música urbana em Vanuatu é bastante diferente e fortemente influenciada pela música global. O reggaeton e o zouk são populares nas boates das cidades, onde turistas e ocidentais são as multidões mais comuns.

A dança é uma parte importante da cultura de Vanuatu. Motivos de dança conhecidos como nasara estão presentes em muitas aldeias do país. As danças tradicionais em Vanuatu são enérgicas e frenéticas e geralmente acompanhadas de percussão e cantos ricos. Bateria, chocalhos e gongos de fenda são usados ​​para tocar música animada durante tais apresentações de dança. As danças costumam ser usadas como um meio para contar histórias tradicionais.

4. Literatura E Artes

Literatura escrita desenvolvida em Vanuatu somente no final do século 20. Antes disso, a literatura oral prevalecia no país e existia na forma de mitos, contos populares, poesia cantada e lendas. A literatura foi transmitida através das gerações através do boca a boca. Durante o período colonial, a escrita e a alfabetização foram introduzidas em Vanuatu pelos missionários cristãos. Durante esse período, várias escolas formais foram estabelecidas no país. Uma das figuras literárias mais notáveis ​​de Vanuatu é Grace Molisa, poeta feminista cujos poemas sobre a vida na sociedade patriarcal pós-colonial de Vanuatu são reconhecidos internacionalmente. Ela escreveu poemas tanto em Bislama quanto em inglês. O grupo de teatro da comunidade de Wan Smolbag é famoso por peças escritas e executadas pelo grupo em uma ampla variedade de assuntos sociais e educacionais, como violência doméstica, prevenção da AIDS, etc.

O desenho em areia é uma forma de arte de Vanuatu, reconhecida pela UNESCO. Aloi Pilioko é um dos artistas contemporâneos mais famosos do país, conhecido pelos coloridos relevos pintados por ele em importantes edifícios em Port Vila, como os correios de Port Vila.

3. Cozinha

A culinária de Vanuatu incorpora verduras como inhame e inhame, peixe e outros frutos do mar, nozes tropicais, cana-de-açúcar, vegetais verdes, banana-da-terra, coco, etc., como ingredientes principais. Frutas como mangas, abacaxis e mamão também estão prontamente disponíveis. A maioria das pessoas que vivem na ilha tem jardins onde cultivam sua própria comida. A comida é geralmente cozida fervendo ou cozinhando os ingredientes e os alimentos fritos são ocasionalmente consumidos. Creme e leite de coco são ingredientes comuns utilizados em alimentos aromatizantes. A bebida tradicional não alcoólica mais popular de Vanuatu é kava. A bebida é preparada a partir de Tocador de flauta methysticum e é dito que tem efeitos narcóticos e relaxantes leves. É uma noite popular ou uma bebida pós-jantar em Vanuatu. Pudim assado chamado colo é considerado como o prato nacional de Vanuatu. Banana, inhame, leite de coco, taro ou mandioca e sal são os ingredientes primários do pudim que é preparado por cozimento sob pedras quentes. o simboro é feito de folha de repolho fechada e leite de coco coberto rolo cozido no vapor de banana ralada, inhame ou taro. A culinária da ilha também contou com pratos de caranguejo de coco no passado. No entanto, a ameaça à espécie levou os caranguejos a serem protegidos contra o consumo humano.

2. Roupas

Nas cidades e vilas de Vanuatu, roupas modernas de estilo ocidental são usadas principalmente pelos Ni-Vanuatu. Nas áreas rurais, a roupa é geralmente uma mistura de formas de estilo ocidental e locais. Os homens muitas vezes adornam a tanga tradicional ou um par de shorts como roupas de baixo e a combinam com uma camiseta. As mulheres muitas vezes usam saias de fibra sem uma peça de roupa superior ou um vestido feito de folhas.

1. Esportes

As pessoas de Vanuatu adoram praticar uma grande variedade de esportes. O futebol de associação é o esporte mais favorito do país. O país é membro do OFC e da FIFA. Vanuatu é um dos países da Melanésia, onde a FIFA seleciona jovens esportistas que exibem talentos excepcionais para treinar e permanecer na academia nacional. O basquete também é um dos esportes favoritos em Vanuatu.